19 julho 2013

A falência de Detroit

A cidade de Detroit, sede das três grandes empresas automobilísticas americanas (General Motors, Ford e Chrysler), apresentou o pedido de falência.

Trata-se do maior pedido alguma vez feito por um município na história americana. O pedido foi apresentado ao juiz federal pelo comissário especial da cidade, Kevyn Orr, que declarou o estado de insolvência da cidade; e foi aprovado pelo governador do Michigan, Rick Snyder.

Depois de meses de tentativas, e apesar da indústria local ter recuperação, chegou a falência. Detroit lutou durante anos apara evitar o colapso financeiro: pediu dinheiro emprestado várias vezes, mas a má gestão não produziu os resultados esperados.


Principal causa? A crise de 2008 e o colapso das industrias.

O que levou ao despovoamento: Detroit chegou a ter quase 2 milhões de habitantes na década de 50, actualmente conta com 714 mil moradores. entre 2000 e 2010. Dezenas de milhares de edifícios vazios e abandonados (78 mil segundo a Reuters) e ruas sem iluminação completam o panorama.

No ano passado, com um acordo assinado pelas autoridades estaduais, esperava-se uma acção para consertar as finanças da cidade, sobretudo consideradas as estimativas que previam uma retoma.

Apesar disso, Moody já tinha rebaixado o rating da Câmara, anunciando a possibilidade dum processo de falência; coisa que começou a concretizar-se no Dezembro passado, com as verificação das finanças locais por parte do Estado do Michigan e colocando a situação nas mãos de um comissário especial.

O deficit orçamental da cidade é estimado em mais de 380 milhões de Dólares (290 milhões de Euros), enquanto o comissário especial estima a dívida de longo prazo em mais de 14 biliões, talvez entre 17 e 20 biliões de Dólares.

Se o pedido de falência for aceite, será efectuada uma selecção dos credores que poderão vir a reaver as dívidas, face aos recursos limitados que a cidade tem para oferecer.

Ipse dixit.

Relacionados:
Entre balas, sofá e gasolina
A crise e as cidades

Fonte: Corriere della Sera

1 comentário:

  1. maria19.7.13

    olá Max: este é o resultado da guerra que o povo americano do norte pensou que não se desenrolava dentro do seu país. Experimenta ver o Estado da Luisiana agora, depois de tanto tempo do katrina! E não esquece das fotografias.Um abraço

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...